INSIRA SEU EMAIL PARA RECEBER GRATUITAMENTE DICAS, INFORMAÇÕES E NOVIDADES

quarta-feira

A Força da Presença

Não devemos jamais permitir que alguém saia de nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz.
Madre Tereza de Calcutá


Nossa vida está cercada de pessoas com as quais adoramos conviver, e outras nem tanto. Também descobrimos alguns 'seres' que, pensando bem, não fariam falta a esse nosso planeta. Talvez Marte pudesse acolhê-los... ao menos distância seria ideal...

Todos nós, de modo geral, gostamos do jeito que somos, mesmo quando dizemos que precisamos ou gostaríamos de mudar. É necessário muita vontade, energia, tenacidade, até mesmo dedicação para modificar alguma coisa em nós mesmos. E nem sempre estamos dispostos a isso.

Algumas vezes falta-nos força interior; em outras precisamos de ajuda, mas não podemos assumir / aceitar / encontrar / pagar. Há também as horas em que os argumentos para mudança são frágeis e a motivação escapa.

É muito bom ser querido, servir de inspiração aos demais. É ótimo conviver com pessoas agradáveis, estimulantes, vibrantes.

É melhor ainda quando tudo isso está reunido numa pessoa só... alguém com quem possamos compartilhar nosso dia-a-dia.

Essas pessoas existem. Essa pessoa pode ser você, para alguém ou para você mesmo. Antes dos queixumes vale considerar o que temos feito com nosso bom humor e bem estar:

- O que o mau humor agrega além de nuances negativas no cotidiano?

- Se a energia despendida para ser desagradável é a mesma utilizada para ser agradável, por que escolher a primeira?

- É possível optar por sermos observados pelos valores que desagregamos ou agregamos às pessoas. Qual a sua escolha?

Refletir é importante; concluir, fundamental.

Questione-se. A hora é agora.


Foto: Vestido patchwork floral by Evie Green


Nenhum comentário: