INSIRA SEU EMAIL PARA RECEBER GRATUITAMENTE DICAS, INFORMAÇÕES E NOVIDADES

terça-feira

Uma Questão de Humor



Segunda-feira. No escritório de uma grande empresa três colegas recapitulavam o que haviam feito no final de semana. O primeiro deles, conhecido pelo mau humor, resmungou que seu sábado fora horrível e o domingo, pior ainda.

- Mas o que você fez? Perguntaram os outros dois.
- Bem, no sábado fui visitar minha irmã lá na Serra. Ela me convidou para uma feijoada.
- Feijoada? Ótimo! O que há de errado?
- Se vocês tivessem comido aquela gororoba não estariam perguntando isso. Lamentável!
- E depois, o que você fez?
- Continuei por lá... eles me obrigaram. Queria ver o jogo de vôlei pela TV, mas tive que jogar gamão até as 6 da tarde. Depois fiquei por lá e jantei. Comi mais um pouco da gororoba...

Os dois amigos não responderam, mas já que conheciam um pouco o amigo, acreditaram que havia algum exagero naquela estória.

- E o domingo, como foi?
- Pior, já disse. Minha irmã e meu cunhado foram me visitar, sem avisar. Vocês sabem como é... aquela desculpa que "estávamos passando e resolvemos entrar". Aí tive que retribuir a feijoada da véspera, né?
- Então você cozinhou pra eles?
- Ta louco? Respondeu quase aos berros. Vocês pensam que sou o quê? Fomos almoçar fora e até que estava bom.
- Mas você não disse que...
- Que meu domingo foi péssimo? Claro! Gastei metade do que estava economizando para comprar as estradas do show. E sabe o que fizeram depois? Quiseram voltar para minha casa para que eu não ficasse só. Falaram em jogar cartas, mas eu não tinha baralho. Então resolveram encanar com minha barriga. Foi a pior parte do dia! Disseram que eu precisava me cuidar, fazer ginástica, sair mais, etc., etc., etc. Até me ensinaram a fazer flexões, abdominais, alongamento, e por aí foi até as 7 da noite.
- Bem, falaram os dois ouvintes, parece que seu domingo não foi mesmo fácil.
- E ainda teve o jantar, pois eles não foram embora! E isso levou o resto do dinheiro do show...

O segundo colega a contar seu final de semana era famoso por sua extrema objetividade. O relato durou 10 segundos:
- Meu sábado foi muito bom: dormi o dia todo e a noite inteira. Domingo, vocês sabem, chatice pura assistindo TV.

Na vez do terceiro, conhecido pelo seu otimismo, o relato continuou:
- Meu sábado foi ótimo. Fiquei em casa ouvindo uns CDs e lendo. Uma delicia! O domingo, então, foi maravilhoso. Naveguei pela Internet umas 4 horas. Fui ao apartamento da Vivian, minha vizinha. Comemos feijoada, bebemos um licorzinho. Depois eu e Fábio, o marido dela, ficamos conversando e ouvindo música até quase a hora de dormir. Um domingo excelente, realmente!

Depois disso já era hora de cuidar da vida. Assim, cada um foi trabalhar em sua baia... cada qual com seus problemas...

Você viu alguma semelhança entre estes três amigos e você? Encaixa-se em algum desses perfis? E seus colegas de trabalho, líder, subordinados? Possivelmente você reconheceu alguém através dessa história... no primeiro perfil é certeza, não?

Muitas vezes não conseguimos observar as mensagens negativas e sem energia que transmitimos. Nem por isso deixamos de fazê-lo. É necessário abrirmos a mente e o coração para ouvir o que o outro tem a dizer. Podemos concordar ou não, mas vale a pena refletir;

* Como me sinto sozinho?
* Como me sinto com os outros?
* Qual valor dou às minhas amizades? E aos meus familiares?
* Como cultivo estes relacionamentos?
* O que me dá prazer?
* Como posso transmitir o melhor de mim, um pouquinho a cada dia?

E uma última sugestão: que tal distribuir esse texto entre seus colegas / colaboradores para que possam conversar sobre o assunto e ajudarem-se mutuamente?

Pense nisso.

Nenhum comentário: