INSIRA SEU EMAIL PARA RECEBER GRATUITAMENTE DICAS, INFORMAÇÕES E NOVIDADES

sexta-feira

Seja o Primeiro

 Quando tudo for pedra, atire a primeira flor.

Quando tudo parecer caminhar errado, seja o primeiro a tentar o passo adequado.

Se tudo parecer escuro, se nada puder ser visto, acenda a primeira luz.

Quando todos estiverem chorando tente o primeiro sorriso. Talvez não na forma de lábios sorridentes, mas na de um coração compreensivo e de braços que confortem.

Se a vida for um imenso "não" seja o primeiro a dizer - ou fazer - "sim".

Quando ninguém souber coisa alguma, seja o primeiro a buscar e ensinar.

Quando alguém estiver angustiado e à procura de consolo, seja o primeiro a apoiá-lo.

Quando a terra estiver seca, seja o primeiro a regá-la.

Quando a flor desabrochar, seja o primeiro a admirá-la.

Se o pão ainda não estiver pronto, seja o primeiro a demonstrar paciência para saboreá-lo.

Se a porta estiver fechada, seja o primeiro a tentar abri-la.

Se alguém precisar de uma mão, seja o primeiro a oferecê-la.

Quando tudo for espinhos, seja o primeiro a pensar em uma flor.

Quando não houver caminho de volta, seja o primeiro a aceitá-lo e adequá-lo.

Quando aparentemente não houver perdão, seja o primeiro a mudar as aparências e perdoar.


Esse texto, baseado em similar de autor desconhecido, faz-nos lembrar de nossas responsabilidades. Muitos meses do ano já se passaram e o que estamos fazendo para praticar nossos objetivos? Aqueles que definimos no ano novo?

É fácil jogar a responsabilidade dos acontecimentos para outras pessoas e fatos: presidente, ministros, prefeitos, diretores, gerentes, mercado, dólar, bolsa, “quebra” dos Estados Unidos...

Podemos fazer muitas escolhas. Nos aniversários, por exemplo, muitos dizem:
- Parabéns! Você está colhendo mais um repolho! Felicidades!

Nada contra os plantadores de repolho, mas... colher repolho em pleno aniversário? Não temos nada melhor para colher ou desejar ao outro? Que tal outra flor, mais bonita, viçosa, admirável? Por que não podemos colher novas e gostosas fragrâncias? Ou mesmo cores? A expressão "tudo azul" indica que a vida está em ordem!

Fazer escolhas, ser o primeiro, não é fácil. Ser o último também não é uma das melhores decisões, pois ficamos à mercê das escolhas alheias.

Ser maduro, crescido, seguro, assertivo é mais do que escolha: é necessidade. Faz também parte do crescimento: a distração, a alegria, o bom humor, a vivacidade, o saber "deixar para lá" quando o momento pede.

Ser o primeiro não precisa ser, necessariamente, penoso. Tem um preço e que paga quem está disposto a colher respostas e resultados que dependam de si próprio.

Agora responda: como andam suas "primeiras vezes"?

Bjs e até!

Izabel

Nenhum comentário: